Sobre

Quando minha mãe estava grávida de mim, meu pai viu um livro na estante da sala falando de Leonardo da Vinci. E decidiu: ele vai chamar Leonardo.

Desde a barriga da minha mãe eu já tinha uma enorme responsabilidade. E obviamente fracassei, porque não dá pra lidar com um nível de expectativa desses. Mas estou aqui, tentando remar: sou Leonardo Rossatto, tenho 36 anos, sou cristão, amo de maneira irracional a cidade onde nasci (Santo André), e vivo a vida lutando em muitas frentes. Talvez por isso as coisas demorem tanto para avançar.

Em 2008, eu me formei em Ciências Sociais. Em 2010, comecei a trabalhar com políticas públicas. em 2014, terminei meu mestrado em Planejamento e Gestão do Território.

Em 2015, em uma das minhas inúmeras crises, criei o perfil @nadanovofront no Twitter. Por algum motivo que eu realmente não sei explicar com precisão, o perfil foi ganhando certa popularidade. Talvez seja porque eu fale de política como se estivesse em uma roda de amigos.

Desde então, um monte de coisas aconteceram. O contexto político do país virou de ponta cabeça. em 2017 criei um podcast para falar de ciência e fé com o Cedric Graebin, o TeolabCast. Agora, em 2019, eu entrei no doutorado em Ciências do Sistema Terrestre, o que por incrível que pareça é uma inspiração pra que eu escreva mais em espaços como esse. Eu não consigo ser aquela pessoa que se isola de tudo e de todos para escrever uma tese. O observador interfere na medição.

Sejam bem vindos a esse espaço. Pode ser não o mais profissional ou isento dos espaços, mas é um espaço de aprendizado para todo mundo. Especialmente para mim.