Não Deu

Eu não tenho saúde mental para continuar convivendo diariamente em um ambiente tóxico que suga a minha alma todos os dias. Em fevereiro, tinha anunciado que daria um tempo do Twitter, que ia ficar longe, pensei que isso adiantaria alguma coisa, mas o fato é que eu não aguento mais o ambiente. Não aguento mais a dinâmica por lá, que me leva quase sempre ao desespero. Não tem notoriedade que pague isso.

O Twitter também não faz questão de mim. Sou só mais uma conta que gera engajamento por lá entre tantas centenas de milhares. Eu tinha pedido verificação porque não aguento mais produzir conteúdo de graça na plataforma enquanto as contas se acumulam. Pensei em formas de ganhar com isso. Mas sinto que joguei dez anos da minha vida no lixo ficando na plataforma, uma vez que o Twitter não está nem aí pra minha conta. Pra eles eu sou a mesma coisa que um daqueles bolsonaristas toscos que escrevem em Caps Lock e espalham que vacinas não funcionam ou que enterraram caixões vazios de COVID em Manaus. A minha vida inteira passei às voltas com amores não correspondidos e o Twitter foi mais um deles. É hora de reconhecer isso e tocar a vida em frente.

Também não acho que eu tenha qualquer coisa especial para apresentar pro “meu público” ou coisa do tipo. Eu nem acho que tenha um público cativo em torno da minha pessoa. Eu não sou indispensável. O que eu escrevo ou falo outras pessoas também escrevem ou falam. Em poucos dias, vocês nem vão lembrar mais da minha existência e vão tocar a vida como se nada tivesse acontecido. O Twitter é assim. Ele força o esquecimento de quem não está lá gastando o dia todo na plataforma. Mas não premia quem permanece lá o dia inteiro. Então não compensa.

Finalmente, eu não aguento mais. Eu não suporto gente apontando o dedo sobre coisas que não tem nada a ver com nada a cada Tweet. Não suporto gente que me odeia e fica querendo me jogar pra baixo, sabendo que eu sou sim uma pessoa bem vulnerável do ponto de vista psicológico. Não dá. Não tem elogio ou tapinha nas costas que dê conta disso. Nenhum tapinha nas costas vai pagar as contas de casa ou os custos com advogado em caso de perseguição judicial.

Eu fui longe demais pra uma pessoa que só queria conversar com amigos no Twitter. E por ter ido longe demais, sem forçar a barra pra isso, eu acabei perdendo a lógica da conversa informal ou a prerrogativa de falar bobeiras sobre qualquer tema. Nesse cenário, o Twitter perdeu o sentido pra mim. Se for pra ter um Twitter profissional, quero ser remunerado por isso. Já trabalhei muito de graça pra muita gente, por voluntarismo e por acreditar em projetos, e se estou nessa situação merda hoje aos 38 anos de idade e sem perspectiva nenhuma de melhorar minha situação, é porque o “faça o que você acredita” no meu caso não levou a nada. Só causou problemas. Tenho todo o trabalho e o desgaste de ser “famoso” sem o bônus de ser famoso. É injusto. É dolorido. Eu me sinto abandonado e desiludido. E eu não aguento continuar. Porque só eu sei o quanto eu sofro todos os dias e o quanto ninguém está nem aí com isso.

Peço desculpas e tenho a consciência de que as pessoas no Twitter andam tão sem empatia nenhuma com nada além do próprio umbigo que eu serei chamado de frouxo, covarde, que vão falar que eu só quero aparecer e fazer drama. Pra esses, boa comemoração. Vocês conseguiram. Vocês me venceram. Espero que a realização do ódio ao menos faça vocês felizes.

E é isso. Não deu. Não aguento mais essa rotina de Twitter. Acabou. Já perdi tempo demais e se eu voltar um dia vai ser só pra divulgar algum trabalho que eu fizer quando estiver melhor mentalmente. Isso se um dia eu melhorar. Talvez o estrago tenha sido grande demais.

De resto, fica a mágoa e a certeza de que meus sonhos são cada vez mais modestos e ao mesmo tempo cada vez mais impossíveis. Desculpa mais uma vez por ter sido fraco. Desculpa pra quem, aliás? Ninguém se importa.

Nem sei por que escrevi esse texto no fim.

32 comentários sobre “Não Deu

  1. Você é importante sim Léo. Pra seus familiares, seus pares, seus amigos e pra muita gente que curte o que você escreve. O que você produz reverbera.

    Mas você tem que pensar em você, sim. No fim, o que vale é a gente se sentir bem consigo e com o redor. Faça o que for para o seu melhor, mental, pessoal e profissional.

    Um grande abraço e espero nos encontrarmos.

    Curtir

  2. Poxa, melhoras, Leo. De coração.
    Gosto muito do teu trabalho, mas não consigo nem imaginar como é estar na tua pele. Certo é que a lógica da Internet em geral tem sido insuportável mesmo. Espero que tu consiga se recuperar desse trauma e alcançar o reconhecimento devido em breve, em alguma plataforma que te valorize enquanto profissional e pessoa.

    Curtir

  3. Leo, a gente se importa sim. Muito. Você é importante. É relevante e suas análises me importam muito, eu sempre procuro sua conta pra saber o que tá acontecendo de importante. Mas eu entendo e você merece paz e saúde mental. Mas se quiser, alimenta seu blog, seus seguidores de verdade virão aqui. Redes são tóxicas mesmo. Só saiba que não foi em vão: é que a minoria odienta faz muito barulho e infelizmente o resto de nós fica mais quieto msm, talvez pq, ao contrário dos haters, a gente acaba se perdendo nos afazeres e obrigações de boletos. Poxa, eu fiquei tão feliz qdo soube que um cara como vc, que eu acho tão relevante, é do ABC! Descanse, fique bem e saiba que nós te reconhecemos – sua conta foi indicada pra mim por amigos e eu vejo muita gente que eu sigo e respeito seguindo você. É por isso que vc incomodou: pq vc é relevante. Tudo de bom pra vc, Leo.

    Curtir

  4. Leo, desejo que tudo dê certo e que você fique bem!
    Espero um dia te encontrar, pós pandemia, no Brunão para podermos ver um jogo (de qualidade questionável) do nosso Ramalhão.
    No mais, queria dizer que é um grande orgulho ter um cara como você que represente Santo André e o ABC.
    Novamente, desejo que fique bem e que de jeito nenhum você é “fraco”. Não existe isso.
    Todos nós somos vulneráveis e se expor na internet é uma grande coragem, na verdade.
    Parabéns por tudo que fez e tem feito!

    Curtir

  5. fico triste pela sua saída e entendo seus motivos perfeitamente. sei que nada que eu falar vai te fazer mudar de ideia
    o importante é que você fique bem consigo mesmo. mas saiba que você vai fazer falta, sim, pelo menos pra mim. sempre gostei muito dos seus tweets, compartilhei quase todos que vi, recomendei seu perfil pra quem eu pude.
    enfim, entendo perfeitamente sua angústia e acho mais importante a sua saúde como ser humano do que seus tweets precisos em vários assuntos, e até mesmo os mais informais e descontraídos
    se cuida, cara. se algum dia quiser voltar, espero te encontrar novamente. ou, quem sabe, a gente se encontre por aí no mundo offline depois que essa bagunça toda de pandemia acabar
    abraço e boa sorte, espero que encontre a paz que precisa

    Curtir

  6. Manifestar a sua frustração e a suas vontades aqui foi um ato de muita coragem e respeito consigo mesmo. Saber a hora de parar é tão importante quanto começar, e por isso te saúdo. Tenho certeza que muita gente se importa contigo e que vai sentir com a sua ausência; eu, inclusive.
    Se cuida, se reequilibra e foca naquilo que realmente importa. Fica bem e até um dia!

    Curtir

  7. Eu sou sua fã. Queria saber me expressar com sua lucidez e clareza, mas não tenho nem seu conhecimento nem sua capacidade de enxergar os cenários políticos.
    Agradeço tudo o que aprendi com você.

    Curtir

  8. espero que você fique bem T-T conheci o seu tt pelo podcast e sempre acho o que você escreve relevante. infelizmente tem sempre gente pra sacanear a nossa mente.
    nunca converso com você, mas você é muito querido por mim e me importo. ;-; realmente espero que fique bem.
    abraços virtuais apertados

    Curtir

  9. olá, meu caro Leo.
    não o conheço pessoalmente, mas o sigo por lá há uns três anos e tenho aprendido muito com os seus tuítes.
    de um ponto de vista egoísta lamento muito você deixar de postar. Mas tentando me pôr no seu lugar, entendo perfeitamente a decisão. Uma coisa que seu texto me ajudou a perceber é que o twitter é bom pra dois tipos de pessoas: a massa anônima, solitária, que poderia usar pra fazer amigos e contatos ao invés de despejar ódio e ressentimento; e quem tem muitos seguidores e ganha com exposição ou produção de conteúdo. Pra quem não é tão anônimo e não usa o site pra fazer marketing de si mesmo, é uma fria. Só cobrança, só exposição desnecessária. O próprio desenho da plataforma é feito pra alienar… a gente tenta subverter isso, mas não raro dá com a cara na parede.
    admiro muito a coragem pra expor suas frustrações, compartilho de muitas delas. Espero que essa retirada lhe faça bem, espero que de alguma forma você não perca seus sonhos de vista.
    muito obrigado, cuide-se e até qualquer dia.

    Curtir

  10. Espero que você fique bem. Vai fazer muita falta, a sua conta é uma das poucas que ainda me faz permanecer no twitter. Sou só mais uma @ comum, uso a rede como fonte de informação

    Curtir

  11. Léo da glória, a sua importância, o seu trabalho e a sua contribuição, esses que você tem encontrado dificuldade em quantificar, tem sido no que me diz respeito ajudar-me a *manter a sanidade* numa das situações políticas, sanitárias e econômicas mais unanimemente estressantes/devastadoras da intervenção humana no planeta. Não há neste momento artigo mais raro no mercado do que esse soro, e nesse período no twitter você nos forneceu quotidianamente sanidade sendo no meio do caos uma constante, sendo o Léo, sendo você mesmo.

    O valor dessa sua missão permanece incalculável para mim pessoalmente. A sanidade se retenho alguma é resultado direto do fornecimento de gente impenitente como você (e dentre os quais você é sem dúvida o mais constante), e você pode imaginar isso multiplicado em milhares de outras pessoas com a mesma sorte. Agradeço, meu amigo, pela companhia diária durante um dos períodos mais difíceis da minha vida.

    Dito isso, a nossa sanidade não pode ser patrocinada ao custo da sua. Não é transfusão que você sem custo pessoal pode oferecer indefinidamente ao mundo.

    A gente se importa, mas isso não importa. O que importa é você encontrar jeito de proteger o cerne duro, as sementes douradas que você tem sob a sua custódia. Faça o que quiser e faça o que tiver de fazer, você permanece o meu avenger favorito.

    Curtir

  12. Concordo e sinto o mesmo em basicamente tudo o que diz. Queria só deixar um abraço aqui… E se precisar, pra deixar pago um café, publica um pix que apoiaremos! Forte abraço!

    Curtir

  13. Desejo que você fique bem, saiba que o conhecimento só pode iluminar a sua existência, o resto, a gente pode disseminar o que faz transformar a nossa existência. dessa forma , vai de quem ler seus apontamentos acreditar ou não, sua parte você já fez. então, siga nos seus projetos de transformações pessoal.
    Por último saiba que você não está sozinhos nesse mundo.
    abraços, fica bem !

    Curtir

  14. Fica bem, Leo. Não sei se você se lembra, é mto provável que não, mas a primeira mensagem que te mandei naquela rede foi pra dizer o quanto sua presença era um pontinho de esperança pra quem se sentia perdido (isso numa época pré-bolsonarismo, e a gente já estava meio perdido, ou bastante perdido). Mas realmente não é justo dar sem receber, ou receber coisas ruins quando se está dando o seu melhor. Cuida de vc, isso é o mais importante. Quem gosta de você (e um monte de gente gosta) só quer te ver bem.
    Espero continuar te ouvindo no Teolab.
    Um beijão.

    Curtir

  15. Muito triste ver tudo isso que aconteceu com você!
    Conheci seu twitter e passei a acompanhá-lo, gostava bastante do seu conteúdo. Mas entendo perfeitamente sua decisão. As redes estão tóxicas demais! E cuidar de nossa saúde e nossa própria vida é essencial!
    Espero que você consiga vencer as batalhas que está travando e que os danos que essas interações causaram na sua vida possa se dissipar! Você é maior que tudo isso!
    Um abraço e muita força!

    Curtir

  16. Leo, fico estou orgulhosa pela sua coragem de tomar esta decisão. No mais, você está certo em sair pra cuidar de si e da sua família. Discordo que você não seja importante, que não tenha tocado tantas pessoas e que não deixe um legado. Eu continuarei te acompanhando por onde você for, pra discordar às vezes, mas sempre te respeitando, seja pela sua capacidade intelectual, seja pelo seu caráter.
    Voa! Um beijo em você, na esposa e nas meninas ❤

    Curtir

  17. Forte abraço. Você é uma pessoa maravilhosa e que faz a diferença no mundo, pra melhor. O Twitter e as redes sociais são um ambiente horrível mesmo que fazem muito mais mal do que bem à sociedade.

    Curtir

  18. caro, essa visibilidade vinda sem querer dá um afago no ego que é boa, não vou negar (tive experiência bem mais modesta com o trezehum), mas quando vira um peso ter que corresponder começa a ter outros efeitos.
    como se diz no clichê: vc lutou o bom combate, manteve o nível da discussão, contribuiu mto para divulgação do conhecimento, das ciências sociais como ciência (com toda a problematização do termo), como algo mais que palpite tirado de qq buraco; mas nesse ambiente que faz chernobyl parecer um lugar aprazível, não vale a pena insistir muito, não.
    parabéns pelo trabalho que fez, se conseguir continuar com seu blog em ritmo mais suave e sem cobranças, a gente agradece
    abraço

    Curtir

  19. Léo, desejo melhoras, serenidade e paz ao lado das pessoas que importam e estão aí do seu lado no dia a dia, família, amigos e companheiros de luta e discussão. O Twitter é mesmo um lugar que se tornou muito tóxico, asfixiante e onde predomina o espírito passivo-agressivo e o vale tudo por likes (likes? favs? como chama agora?). Eu te seguia há alguns anos por lá (arroba laureacalorina, agora aposentada do site desde janeiro!) e me sentia muito honrada de sermos mutuals, rs. Admiro sua trajetória acadêmica e a disposição que vc sempre esbanjou pra ensinar, dialogar e trocar ideias. Uma das arrobas que fazia o lugar valer a pena. Fica meu abraço e a mensagem: não se sinta sozinho! Sigo o site e sua página no Facebook com a mesma admiração de sempre.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s