Senado: Análise do momento eleitoral

SENADORES

Seriam eleitos hoje (dentro da margem de erro)

Acre: Jorge Viana (PT), Petecão (PSD)
Alagoas: Renan (MDB), Benedito de Lira (PP)
Amapá: Randolfe (Rede), Janete (PSB)
Amazonas: Eduardo Braga (MDB), Vanessa Graziottin (PC do B)
Bahia: Jacques Wagner (PT), Lázaro (PSC)
Ceará: Cid Gomes (PDT), Eunício Oliveira(MDB)
Distrito Federal: Leila do Vôlei (PSB) e Cristóvam Buarque (PPS)
Espírito Santo: Magno Malta (PR), Ferraço (PSDB)
Goiás: Marconi Perillo (PSDB), Lúcia (PSDB)
Maranhão: EdisonLobão (MDB), Sarney Filho (PV)
Mato Grosso do Sul: Nelsinho Trad (PTB), Zeca (PT)
Mato Grosso: Jayme Campos (MDB), Proc Mauro (Psol)
Minas Gerais: Dilma Rousseff(PT), Carlos Viana (PHS)
Pará: Jader (MDB), Mario (PP)
Paraíba: Cássio Cunha Lima(PSDB), Veneziano (PSB)
Paraná: Requião (MDB), Beto Richa (PSDB)
Pernambuco: Jarbas (MDB), Humberto Costa (PT)
Piauí: Wilson Martins (PSB), Ciro Nogueira (PP)
Rio de Janeiro: César Maia (DEM), Flávio Bolsonaro (PSL)
Rio Grande do Norte: Capitão Styvenson (Rede), Garibaldi Filho (MDB)
Roraima: Angela Portela (PDT), Mecias de Jesus (PRB)
Rondônia: Confúcio Moura (MDB), Fátima Cleide (PT)
Rio Grande do Sul: José Fogaça (MDB), Paulo Paim (PT)
Santa Catarina: Raimundo Colombo (PSD), Esperidião Amin (PP)
São Paulo: Suplicy (PT), Covas Neto (Podemos)
Sergipe: Valadares (PSB), André Moura (PSC)
Tocantins: Siqueira Campos (DEM), Vicentinho (PR)

Resumindo: TÁ FEIO DEMAIS O CENÁRIO

Na maioria dos estados, só coronéis tradicionais. Ou ícones reacionários. Mais do mesmo. Tem 4 semanas pra mudar esse cenário, porque senão teremos que aguentar esses caras aí por mais OITO ANOS no Senado.

Tem coisa aí que está absolutamente indefinida, estilo o Rio de Janeiro e o Distrito Federal, mas tem uns casos que dão vontade de chorar, estilo Magno Malta com mais de 50% no Espírito Santo, não esperava isso de vocês, amigos capixabas

Se forem eleitos os nomes atuais, essa será a composição por partido. 54 Senadores de 20 partidos diferentes:

MDB: 11
PT: 8
PSDB: 5
PSB: 5
PP: 4
Rede: 2
PSD: 2
DEM: 2
PDT: 2
PSC: 2
PR: 2
PV: 1
PRB: 1
PSL: 1
Psol: 1
PC do B: 1
PTB: 1
Podemos: 1
PPS: 1
PHS: 1

A composição atual, incluindo os Senadores eleitos em 2014, seria:

MDB: 15
PT: 10
PSDB: 9
PSB: 5
PP: 5
PSD: 5
DEM: 5
Podemos: 5
PDT: 4
PR: 3
Rede: 2
PSC: 2
PV: 2
PRB: 1
PSL: 1
Psol: 1
PC do B: 1
PTB: 1
PPS: 1
PHS: 1
PTC: 1
Sem partido: 1

APENAS IMAGINE o trabalho que o próximo presidente vai ter com esse nível de fragmentação.

A gente tá num ponto em que a negociação vai ter que ser praticamente individual por Senador, isso é ridículo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s